Make your own free website on Tripod.com
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 .

 

SHEMA YSRAEL, YAOHUH ELOHENU UL, YAOHUH  ECHAD! -DEUT 6:4

Escuta Ysrael! O Eterno é nosso Criador, o Eterno é um Só!

 

O Sétimo Rei do Apocalipse 17

O sétimo rei e a revelação do iníquo

Um estudo sobre Apocalipse  17 e 13

    “Temos, assim, tanto mais confirmada a palavra profética, e fazeis bem em atendê-la, como a uma candeia que brilha em lugar tenebroso, até que o dia clareie e a estrela da alva nasça em vosso coração” II Pedro 1:19

“Não havendo profecia, o povo se corrompe”. Yaohushua, quando falava de Sua segunda vinda para a terra, aconselhou Seus discípulos a vigiar e orar. Embora não tenha dito o dia e a hora em que voltaria à terra, advertiu-os para que se preparassem, a fim de que o dia da Sua vinda não viesse para eles como o ladrão da noite. “Ouvireis falar de guerras e rumores de guerras”, disse Ele, “mas ainda não é o fim”. Temos visto muitas guerras desde o século passado: primeira e segunda guerras mundiais, guerra da Coréia, do Vietnã, guerra das Malvinas Irã x Iraque, guerra do Golfo, e, já em nosso século, guerra do Afeganistão e EUA contra Iraque. De tudo isto, Yaohushua diz: “porém, tudo isto é o princípio das dores (Mat. 24:8). Todavia, logo em seguida, pronuncia as palavras que descrevem a crise final:”então sereis atribulados e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações por causa do Meu nome (Yaohushua é o Nome!)” (Mat. 24:9). Após esta crise, diz Yaohushua, Ele virá pela segunda vez: “e este evangelho do reino será pregado a todo o mundo, para testemunho a todas as nações (neste tempo de perseguição), então virá o fim (Mat. 24:14). Quão próximos estamos desta crise final? Seguindo o conselho de Pedro, devemos atender à palavra profética, para não sermos apanhados de surpresa pela crise final, e engolidos por ela. Veremos neste material, pos meio do estudo das profecias de Apoc. 17 e 13, o quão próximos estamos desta crise, e da Segunda Vinda de nosso Salvador (Yaohushua significa aquele que traz a Salvação de YAOHUH). Iniciamos com o estudo da profecia de Apoc 17, no verso 3:

   3 Transportou-me o anjo, em espírito, a um deserto e vi uma mulher montada numa besta escarlate, besta repleta de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres.

   4  Achava-se a mulher vestida de púrpura e de escarlata, adornada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, tendo na mão um cálice de ouro transbordante de abominações e com as imundícias da sua prostituição.

   5  Na sua fronte, achava-se escrito um nome, um mistério: BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA.

   6  Então, vi a mulher embriagada com o sangue dos santos e com o sangue das testemunhas de Yaohushua; e, quando a vi, admirei-me com grande espanto.

O profeta João viu uma mulher, uma prostituta. O símbolo bíblico para mulher é “igreja”. Paulo ordenou aos maridos para que amassem suas mulheres como hol-MEHUSHKHÁY (o Messias) amou a igreja (Ef. 5:25-27), apresentada neste caso como sendo Sua noiva, uma igreja pura e gloriosa. Na visão de Apoc. 17, João viu uma prostituta. Um mulher pura representa a igreja do Mehushkháy, uma igreja fiel, enquanto a “prostituta” representa uma igreja que é infiel à Mehushkháy, que modifica Suas doutrinas (Isa 4:1). A mulher de Apoc. 17 tinha escrito em sua fronte “mãe das meretrizes”, que mostra que ela é a mais proeminente das igrejas que modificam as doutrinas bíblicas. É também dito que ela estava embriagada com o sangue dos santos, o que nos mostra que esta não pode ser outra que não a igreja Católica, que matou mais de 100 milhões de santos no passado (na época da Inquisição e das Cruzadas).

A mulher foi vista sentada sobre uma besta. Quando alguém se senta sobre um cavalo, ele o comanda. O fato de que a mulher está sentada sobre a besta mostra que ela a comanda. “Besta” é o nome simbólico usado na Bíblia para representar o poder de estado usado pela igreja Católica para perseguir os santos do Altíssimo por 1260 anos no passado, desde 538 d.C. a 1798 d.C. (ver Apoc. 13:5-7).

Continuemos com a leitura de Apoc 17...

   7  O anjo, porém, me disse: Por que te admiraste? Dir-te-ei o mistério da mulher e da besta que tem as sete cabeças e os dez chifres e que leva a mulher:

   8  a besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá.

O anjo começa a dar uma explanação sobre a besta para o profeta. “A besta que viste era, e não é”, ele disse. Vimos que o termo “besta” representa o poder de estado usado pela igreja para perseguir os santos. Desde 538d.C. a 1798 d.C., a besta “era”; os santos foram perseguidos e mortos pelo poder do estado controlado pelo papa. Em 1798, o general Beltier, das forças de Napoleão Bonaparte, aprisionou o papa Pio VI, o que fez com que o poder temporal do papa, de perseguir os santos, se finalizasse. O papa não mais utilizava os governos (estados) para perseguir e matar os santos de uma forma aberta. Hoje, em 2006, a situação ainda é a mesma, se bem que de uma forma velada... Entretanto, está escrito que a besta “está para subir do abismo”, o que mostra que a igreja romana irá, de alguma forma, ter novamente este poder de perseguir e matar os santos utilizando o estado como seu exército (união do estado com a igreja, novamente). Comentaremos como isto ocorrerá (ela subirá do abismo), bem como o restante do verso, mais adiante, por razões didáticas.

    9  Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis,

Aqui está o sentido, que tem sabedoria”. O anjo disse aqui que somente aqueles que recebem a sabedoria de YAOHU UL (o Criador Eterno - I Tim 6:16) serão capazes de compreender o que Ele está para explicar. A Bíblia diz que Mehushkháy é a “sabedoria de YAOHU UL” (I Cor. 1:24, 20; Prov 8:22-30), mas aqueles que irão receber esta sabedoria são somente aqueles que não apenas professam crer em Mehushkháy, mas também obedecem Suas palavras: “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente (sábio) que edificou a sua casa sobre a rocha” (Mat. 7:24; Apoc 14:12). Mais especificamente, eles irão obedecer ao Mehushkháy no tocante à pregação do verdadeiro Evangelho. (Mar 16:15).

As sete cabeças são sete montes nos quais a mulher está sentada”. Roma é conhecida como a cidade dos sete montes, ou sete colinas. Lá está o Vaticano, onde está localizado o centro de comando da igreja Católica. O significado do símbolo é por demais claro.

   10 dos quais caíram cinco, um existe, e o outro ainda não chegou; e, quando chegar, tem de durar pouco.

As sete cabeças são também sete reais. A cabeça é o que comanda o corpo. O cabeça visível da igreja católica é o papa. Então, as sete cabeças são sete papas. Mas o anjo disse que as cabeças são “reis”. Elas representam então papas, que são também reis.

Os papas sempre foram lideres e governadores da igreja Católica; mas nem sempre foram reis. Uma pessoa, para ser um rei, deve governar um país. Se alguém governa uma província ou um estado, é um governador, mas não um rei. A igreja Católica era apenas uma denominação religiosa desde sua fundação, até 1929 (mais especificamente 1798; desde então, pouco a pouco foi se levantando). Neste ano, o ditador Italiano Benito Mussolini deu para o papa Pio XI alguns hectares de terra – dentro de Roma – nos quais foi fundado o Estado do Vaticano, um país independente e monárquico, cujo rei é o papa.

A Igreja Católica segue um regime de monarquia absoluta. Ou seja, toda ordem expressa pelo papa deve ser acatada. Enquanto vivo, ele tem soberania plena.” Diário do Pará - Belém - 19 de abril de 2005

Pio XI, que era o papa quando esta mudança tomou lugar; tornou-se o primeiro papa “rei”.

O anjo, explicando sobre os reis, disse que “cinco caíram, e um existe” Ele leva João para o tempo do sexto rei, o que nos mostra que a profecia seria entendida quando o sexto rei estivesse no trono do papado. A partir de Pio XI, o primeiro rei, os papas “reis” que se seguiram foram:

2 – Pio XII;

3 – João XXIII;

4 – Paulo VI;

5 – João Paulo I;

6 – João Paulo II.

João Paulo II foi o sexto rei, aquele descrito pelo anjo através das palavras: “um é”. Ele estava no poder no tempo apontado por João na visão. Centenas de pessoas nos Estados Unidos, Brasil, Argentina, e provavelmente em outros lugares, entenderam o que foi explicado até aqui nos anos noventa, quando João Paulo II estava no trono do Vaticano, cumprindo a profecia dos Sete Reis...

O outro ainda não chegou”. De acordo com a profecia, após a morte de João Paulo II, haveria outro papa “rei”, que, “quando vier, tem de durar pouco tempo”. O cardeal Josef Ratzinger, um homem de idade avançada que não pode se manter no trono do papado por muitos anos como o fez João Paulo II, foi eleito, tornando-se Bento XVI, o sétimo rei, cumprindo a profecia. Os jornais confirmam que os próprios cardeais católicos esperam que ele irá reinar apenas pouco tempo.

Esperança – Em Israel e na Organização das Nações Unidas (ONU), líderes disseram ter boas expectativas para o reinado de Bento XVI . " Veja On Line, 19 de Abril de 2005 (ênfase nossa)

“São Paulo (Folhapress) - O favoritismo de Ratzinger, além do apelo conservador, se dá pela idade avançada e pela experiência: aos 77 anos, dificilmente o cardeal alemão exerceria um papado extenso - o aspecto transitório é visto como positivo por alguns especialistas após os 26 anos de pontificado de João Paulo 2º." (Grifo Acrescentado) "Diário do Pará - Belém - 19 de abril de 2005 (grifo nosso).

   11  E a besta, que era e não é, também é ele, o oitavo rei, e procede dos sete, e caminha para a destruição.

De acordo com a explicação acima, o oitavo rei é a besta. O que isto significa? Nós vimos que o termo “besta” representa o poder de estado usado pela igreja para perseguir os santos. O fato de que o oitavo rei é representado como sendo a besta, mostra-nos que quando ele ascender ao trono do papado, a igreja Católica irá usar abertamente o poder de estado para perseguir e matar os santos, como o fez no passado. Como irá ela (o oitavo rei) ascender ao poder? A profecia diz que a besta (o oitavo rei) “está para subir do abismo” (verso 8). Ao procurar um significado bíblico do termo, nós encontramos: “ou, quem descerá ao abismo? Isto é, para trazer o Mehushkháy dentre os mortos”. (Rom. 10:7). “Abismoé o lugar dos mortos. Então, o fato de que o oitavo rei subirá do “abismo”, significa que ele subirá da morte, ou em outras palavras, “ressuscitará”!!!

NOTA: Veja que depois da trindade, a imortalidade da alma é a mais importante doutrina da igreja mãe e de suas folhas (evangélicos)...

Até agora, nós vimos que o oitavo rei subirá de entre os mortos para ascender ao trono do papado. Mas, como ele se tornará a besta? Como irá ele perseguir os santos usando o poder de estado, como o papado fez no passado? Sigamos a explicação do anjo com respeito aos dez chifres da besta, e entenderemos:

   12 Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam reino, mas recebem autoridade como reis, com a besta, durante uma hora.

   13  Têm estes um só pensamento e oferecem à besta o poder e a autoridade que possuem.

O mundo já está dividido em dez partes, os dez blocos econômicos: Comunidade Européia, Mercosul, Aladi, Alca, e outros. Informação mais detalhada sobre eles pode ser obtida na internet. Os blocos econômicos tem presidentes* mas, estes não possuem autoridade para governar todos os países que compõem o bloco. Eles não receberam “reino”, não foram coroados como reis, ainda – este é o objetivo da maçonaria com a implantação (a partir dos EUA) da Nova Ordem Mundial1!

1 Saiba tudo sobre a Nova Ordem Mundial em nosso site Monte do Sinai.

Mas o anjo diz que eles receberão poder como reis por uma hora (de acordo com o princípio dia por ano, uma hora é igual a 15 dias), e darão seu poder e autoridade para a besta, o oitavo rei. A profecia de Apocalipse 13 nos mostra o que ocorrerá quando os dez reis receberem seus reinos (coroas):

   1  Vi emergir do mar uma besta que tinha dez chifres e sete cabeças e, sobre os chifres, dez diademas e, sobre as cabeças, nomes de blasfêmia...

    3  Então, vi uma de suas cabeças como golpeada de morte, mas essa ferida mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou, seguindo a besta;

    4  e adoraram o dragão porque deu a sua autoridade à besta; também adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem pode pelejar contra ela?

   5  Foi-lhe dada uma boca que proferia arrogâncias e blasfêmias e autoridade para continuar quarenta e dois meses;

Em Apoc. 13, a mesma besta que foi vista em Apocalipse 17 é apresentada. A profecia afirma que o mundo se maravilhará quando ver uma das cabeças da besta (um dos papas “reis”), que fora “ferida de morte e esta ferida mortal foi curada (entre 1798 a 1929)”. Sim, o mundo se maravilhará quando ver um papa “ressuscitado dentre os mortos”. A igreja Católica diz que o papa tem as chaves da morte e do inferno, e satanás irá, aparentemente, “provar” que isto é verdade através deste engano (ele, diariamente não faz isto – trazer “mortos” – em suas seções, nos centros espíritas?). Esta ressurreição irá maravilhar o mundo ao máximo, o que fará com que os dez reis dos dez blocos econômicos da Nova Ordem Mundial dêem sua autoridade para a besta, o oitavo rei. Ele reinará por quarenta e dois meses, que são três anos e meio. A continuação do capítulo 13 mostra que, nestes 42 meses a besta “será”, como predito em Apoc. 17:8:

   6  e abriu a boca em blasfêmias contra YAOHU UL, para lhe difamar o nome e difamar o tabernáculo, a saber, os que habitam no céu.

   7 Foi-lhe dado, também, que pelejasse contra os santos e os vencesse. Deu-se-lhe ainda autoridade sobre cada tribo, povo, língua e nação;

Ao final dos 42 meses de supremacia, Yaohushua, o Cordeiro, livrará os santos, e vencerá os reinos do mundo, na batalha do Armagedom, na sexta praga que estará a cair por esta época. Os dez reis que tinham dado poder para o oitavo rei irão destruí-lo:

   14 Pelejarão eles contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, pois é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os chamados, eleitos e fiéis que se acham com ele.

   16  Os dez chifres que viste e a besta, esses odiarão a meretriz, e a farão devastada e despojada, e lhe comerão as carnes, e a consumirão no fogo.

   17  Porque em seu coração incutiu YAOHU UL que realizem o seu pensamento, o executem à uma e dêem à besta o reino que possuem, até que se cumpram as palavras de YAOHU UL.

...tarde demais!!!

 

Quem será o oitavo rei?

Em Apoc. 17:11, está escrito que o oitavo rei é a besta, e é um dos sete reis anteriores. Em Apoc. 13, que apresenta a mesma besta de Apoc. 17, nós lemos as seguintes palavras:

   18 Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis.

A língua oficial do Vaticano é o “Latim”. Nesta língua, algumas letras também representam números. Se nós calculamos a soma das letras do nome oficial dos papas em Latim, nós podemos ver que, incrivelmente, somente um dos sete papas anteriores tem um nome em Latim cuja soma é igual a seiscentos e sessenta e seis (666). Segue abaixo o cálculo:

I – 1 P – 0 P – 0 S - 0
O – 0 A – 0 A – 0 E – 0
H – 0 V – 5 P – 0 C - 100
A – 0 L – 50 A – 0 V - 5
N – 0 V – 5   N - 0
E – 0 S – 0   D - 500
S – 0     O – 0
       
1 60 0 605

       666 = IOHANES PAVLVS PAPA SECVNDO = João Paulo II

Para os sinceros, YAOHU UL confirma quem será o oitavo rei – João Paulo II. Uma prova adicional de que ele é o oitavo rei é dada no verso 3 de Apoc. 13, onde está escrito que uma das cabeças “foi ferida de morte, mas esta ferida mortal foi curada”. João Paulo II foi o único dos sete papas “reis” que sofreu um atentado, em 1981, e sobreviveu.

Como irá João Paulo II ressuscitar?

A Bíblia afirma que satanás tem enganos que, se possível, enganariam os próprios escolhidos. Isto é verdade. Em II Tes. 2:9, está escrito que a vinda do iníquo “é segundo a eficácia de satanás, com todo poder, e sinais e prodígios de mentira”. A ressurreição de João Paulo II cumpre esta predição. Em Apoc. 13, YAOHU UL predisse como isto iria acontecer:

   11 Vi ainda outra besta emergir da terra; possuía dois chifres, parecendo cordeiro, mas falava como dragão.

Ademais de outras interpretações válidas que apontam para esta besta como sendo os Estados Unidos, todos sabem que a palavra “dragão”, aplicada a ela, representa satanás (Apoc. 12:9). Na continuação do capítulo 13 é descrita a obra de satanás:

   14 Seduz os que habitam sobre a terra por causa dos sinais que lhe foi dado executar diante da besta, dizendo aos que habitam sobre a terra que façam uma imagem à besta, àquela que, ferida à espada, sobreviveu;

A profecia descreve que satanás irá enganar os que “habitam sobre a terra”. Este termo descreve aqueles que estão envolvidos com as coisas deste mundo, preocupando-se com suas perspectivas mundanas. Sua mente está focada na terra. Eles são considerados pelo céu como os “ímpios”. De outro lado, estão aqueles que estão com as mentes conectados a Yaohushua, e focados nas coisas celestiais. Eles são descritos em apoc. 13 como sendo “aqueles que habitam no Céu”, “Seu Tabernáculo” (verso 6; ver também I Cor. 6:19). A profecia afirma que satanás engana os ímpios que habitam sobre a terra, por meio dos milagres que ele tem poder para fazer, e diz para os ímpios para que eles façam uma “imagem à besta”. Qual besta? “Àquela que, ferida à espada, sobreviveu”, o oitavo rei. Nós já vimos que João Paulo II foi aquele que recebeu esta  ferida,  no  atentado de 1981. Satanás diz para os ímpios que façam uma

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CRUZ INVERTIDA NO TRONO PAPAL

imagem (de João Paulo II). Estaria a profecia referindo-se ao fato de que satanás esta dizendo para o povo fazer uma estátua de João Paulo II? Não, nós vemos que não é este o caso, quando lemos o próximo verso:

   15 e lhe foi dado comunicar fôlego à imagem da besta, para que não só a imagem falasse, como ainda fizesse morrer quantos não adorassem a imagem da besta.

A profecia não está mencionando uma estátua sem vida. Satanás tinha poder para dar vida para ela. Está escrito que a imagem “falará” e “fará com que sejam mortos” aqueles que não a adorem. Esta imagem tem “vida”. De acordo com o verso anterior (14), esta imagem de João Paulo II foi feita pelos ímpios, e satanás deu vida à ela. Com isto, satanás – através de um de seus anjos – estará provando a imortalidade da alma com o uso de uma falsa ressurreição!

A profecia diz que “toda a terra se maravilhou, seguindo a besta” (Apoc. 13:3). Isto inclui aqueles que professam religião, e aqueles que nem mesmo crêem que YAOHU UL existe. As palavras de YAOHU UL serão então cumpridas: “toda a terra se maravilhou”. E você, também será enganado? Irá render homenagem ao papa e guardar o domingo neste tempo, o sinal de sua autoridade, ou irá manter sua fé em YAOHU UL e em Sua Palavra, mesmo contra a evidência dos seus sentidos, santificando o Sábado, o sétimo dia da semana, como dia de repouso? A profecia predisse que os fiéis irão triunfar com o Cordeiro:

“...o Cordeiro os vencerá, pois é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os chamados, eleitos e fiéis que se acham com Ele.” Apoc. 17:14

Esperamos que você esteja com aqueles chamados, eleitos e fiéis que triunfarão com o Cordeiro.

Que YAOHU UL te abençoe,

Jairo Carvalho

 

Feliz a nação cujo Ul é o YAOHUH, e o povo que Ele escolheu para sua herança

Salmos 33:12

 

Edição de o Caminho

VISITE A NOSSA LOJA ON-LINE

Temas DVs

HOME

CIC

CONGREGAÇÃO

ISRAELITA

O CAMINHO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.